OS PERIGOS DO EFEITO MANADA


https://soundcloud.com/darcila-rodrigues/os-perigos-do-efeito-manada

Não foi a toa...


Não foi a toa que o Ministro da Saúde usou o  termo "efeito manada".
O mundo está mudando. Quando essa crise passar nada será igual.
Estamos sendo testados por uma força poderosa e que rege a nossa vida e nos empurra para uma tomada de decisão sobre o que de fato somos e qual o papel de cada um de nós por aqui. Somos in-di-ví-du-os que vivem em sociedade, mas cada qual com infinitas possibilidades de servir sem precisarmos ferir o outro, enganar, roubar, levar o outro à falência, explorar o trabalho alheio mesmo sabendo que a escravidão deveria ter sido exterminada do planeta.
Para evitar o efeito manada, penso, só há um caminho: a educação;  e hoje todos temos acesso à informação, a conteúdos sobre ética, democracia, filosofia política, história, sociologia, enfim, conteúdos uteis a quem não desejar ser massa de manobra e agir como manada.

OS PERIGOS DO EFEITO MANADA NO COMPORTAMENTO COLETIVO

*Excertos do Artigo de Adriano Simões


Segundo estudos do matemático Steven Strogatz da Universidade de Cornell, nos EUA, isso ocorre devido à Força da Sincronização, uma propensão à organização espontânea presente no Universo e em todos nós. Ela é definida, simplificadamente, como uma inclinação para a harmonização das ações de forma coletiva, algo que todos desenvolvem ao se agruparem com outros indivíduos. O fenômeno é observado quando todos começam a praticar uma mesma ação, num mesmo sentido.
Efeito Manda
A menos produtiva, caótica e deletéria para qualquer conjunto de indivíduos é chamada de sincronização via Efeito Manada, que ocorre quando se começa a fazer o que outros estão fazendo sem se refletir se aquele comportamento será bom para o resultado final do grupo. É o caso de pessoas aglomeradas numa multidão, onde todos começam a querer se deslocar abruptamente numa mesma direção, sem se preocupar com os outros ao redor [...] Fonte: http://adrianosimoes.com.br/blog/efeito-manada-comportamento-coletivo/

Comentários