MULHERES IMPOSSÍVEIS

Sempre vou celebrar o fato de ter nascido mulher. 

Não fosse mulher, penso,

  mesmo assim, seria Mulher... 

Foto internet

Sorri porque simplesmente existe. Mas já houve dias em que não pode sorrir. Seu lema é: “Aprendi a me virar sozinha”. E, assim sendo, deixou de sofrer mais que o necessário. 

Desculpe, diz, não sirvo de exemplo. Não sou bonita, não sou rica, nem um pouco perfeita em nada. Eu apenas luto. Apenas vivo a cada dia, cada minuto e segundos, sem ter aprendido o limite do impossível.

Já foi Amélia e descobriu que Amélias não são de verdade, apenas fingem serem perfeitas para não ter que chorar o que não podem ser. Nunca foi santa, sempre preferiu ser a outra.

Ama sua gente, mas exercita o desapego. Não acredita em fronteiras. Já foi traída e só de pirraça também traiu. Adora dançar, namorar, viajar. Ama a liberdade e sabe o preço que ela pode custar. 

Faça chuva ou sol estará trabalhando sem deixar de acreditar que ser Mulher é ser especial. Que beleza é fundamental sim, de alma, de caráter. Pois pra ser Mulher é preciso saber dar a cara à tapa e, no dia seguinte, depois de ter chorado a noite toda, gastar “quilos” de corretivo e pó mineral; disfarçando as olheiras para poder sorrir um sorriso colorido de gloss. Sem ter que ter vendido a alma ao diabo.





O IDEAL FEMININO 


Comentários