NOSSA MAJESTADE, O LEITOR!

Gabriel Jablonski

Enquanto no FLIP, RJ, o escritor diz:”não me interessa se o leitor lê ou não lê;eu quero que se foda.” (www1.folha.uol.com.br) na Feira do Livro de Canoas, no RS, ocorre o oposto, flagramos o pequeno leitor, Gabriel, filho do crítico literário Eduardo Jablonski participando do encontro de poetas no café da Feira.
Fico pensando sobre a intenção do escritor ao verbalizar a malfazeja frase? 
Por aqui, em vésperas da finalização do Livro Oficina do Verso e em meio a alegria, e também, a luta que está sendo executar o Projeto Oficina do Verso, onde em todo o processo de criação e execução temos cuidado especial e ressaltamos (eu e Joaquim Moncks) a importância daquele que denominamos poeta-leitor; pois para nós, ter o leitor em total sincronia com a criação dos textos faz total e insubstituível diferença e é a razão de ser do nosso projeto. Talvez o que o escritor queria mesmo era a atenção da mídia e conseguiu. E fica aqui a dúvida: escritor que dá mais valor a mídia do que ao seu leitor deve ser admirado pelo seu público leitor? Penso: “hay que endurecer pero sin perder la ternura”, C.G. , posto isto, voltemos à Feira do Livro de Canoas: devemos acreditar e fomentar momentos como o ocorrido no último sábado (02, julho), os que nos  reconstroem e alimentam a alma poética, nos tiram do lugar comum da vida. Estar com pessoas que comungam dos mesmos ideais e estão designadas à fertilização da palavra aguça nossa criatividade e nosso olhar crítico; bússolas indispensáveis na identificação das antíteses que nos instigarão sempre a assoalhar novas teses e assim cumprirmos nossa crucificação, àquela que nos faz Poesia. Que cada vez mais o leitor esteja conosco e nos dê a honra da sua presença e nos brinde com suas interlocuções, críticas e pensamentos, pois nossa maior recompensa é tê-los aqui em lugar de honra.

Por: Darcila Rodrigues.



Moacyr Vargas, Arnaldo Bauer, Cleber Klaminsk, Darcila Rodrigues,
Helena da Rosa,Eduardo Jablonski,Joaquim Moncks, Leila Silveira, Cauê Nascimento,
José Luis de Souza.


Maria Rigo, Joaquim Moncks, Moa Vargas e Darcila Rodrigues
 
Moa Vargas, Leila Silveira,Marlise Posatti, Cauê Nascimento com Maria Rigo,
Patrona da Feira do Livro de Canoas

Joaquim Moncks e Moacyr Vargas
Maria Rigo, Patrona da Feira de Canoas, 2016 e Joaquim Moncks 
Eduardo Jablonski com Gabriel, Fernanda e JM 
Gabriel Jablonski

Eduardo Jablonski, Helena da Rosa,
 Joaquim Moncks e  e escritor"Tonito", 
Canabarro Trois Filho



Comentários