PASSEIO MUSICAL: ROBERTO UBER

Ele é cantor e compositor, mineiro, iniciou sua jornada com apenas 15 anos de idade. Seu primeiro álbum conquistou o público e acabou gerando frutos. A continuação desta trajetória gerou o segundo CD Eh, com músicas inéditas autorais. O projeto teve o incentivo da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo do Estado de Minas Gerais. A elaboração do projeto e captação foram da produtora cultural Darcila Rodrigues e Produção Executiva da Bangalô Produções.
O CD contém 11 canções que nasceram brasileiras, mineiras, do som da terra e do universo, do adverso, de ouvir, de pensar, de experimentar. Maduras já na novidade da linguagem. MPB popular contemporânea. Um trabalho que pesquisa e que bebe em temas do cotidiano com uma linguagem própria. Moderna e direta. Tem a marca da diversidade de gêneros com um fado, uma salsa, brega, mpb, pop, talvez uma valsa.
Weber Lopes (arranjos), Pablo Souza (baixo), Rogério Delayon (guitarra e viola),Rafael Martini (violão), Márcio Bahia (percussão), Adriano Goyatá (percussão),Ricardo Cheib (percussão),Ramos (programação eletrônica).
Participações especiais: O senegalês Zal Sissokho que toca um instrumento tradicional africano (a Kora). A direção vocal e de repertório é de Aída Couto

Uma banda de feras da musica mineira:
No Catumbi é o clipe escolhido para apresentar este compositor independente, Roberto Uber, no nosso primeiro Passeio Musical.







Por Darcila Rodrigues